terça-feira, 27 de novembro de 2007

OS NOSSOS SAFARIS

Calçámos os nossos ténis Safari, vestimos os coletes de muitos bolsos, enchemos os cantis, limpámos o pó às máquinas fotográficas, reunimos os cartões de memória, enchemos o depósito do jipe, ligámos o GPS, despedimo-nos da família e fizemo-nos à estrada. Daqui para a frente estão milhões de quilómetros de caneta e máquina nas mãos, aventuras, perigos e memórias. O objectivo? Conhecer o máximo da diversidade étnica e cultural dos cinco continentes. Onde houver vida, estaremos lá.

[Ojigwe Orunbiyí Akwegbuará]